segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

UTILIDADE PÚBLICA - Direitos Humanos


Abaixo, segue um relato da Andréa Mourão e logo depois um outro relato do Cagério. 
São José dos Campos e das proibições:



A CENA
Local: Parque Vicentina Aranha
manhã de um domingo ensolarado
na programação: Nando Luz em um dos quiosques
pessoas indo e vindo fazendo atividade física
várias outras pessoas chegando para assistir ao show

ENQUANTO ISSO...
... na portaria do parque, 
mais pessoas chegavam para a apresentação de Luz
entre elas: uma jovem mãe, sua sogra, sua filha adolescente e um jovem rapaz
a adolescente e o rapaz estavam, cada um com seu violão,
estavam no parque para apreciar o show e depois iriam ao SESC, local onde tocariam seus violões

mas... FORAM IMPEDIDOS de entrar no Parque com o violão
tiveram que mandar o violão embora, para que, assim, pudessem entrar e acompanhar o show

e, então, não é, mais do mesmo?

algumas das pessoas indignadas com o ocorrido, foram até a portaria entender no que se baseava essa proibição
foi alegado que, 
na portaria há uma relação com alguns artigos proibidos de entrar no Parque, entre eles: aparelho de som

????????????????????????????????????????????
nem vou me estender NA CENA em que um dos guardas se altera, já sem argumentação, e grita com as pessoas que queriam entender o ocorrido

ééééé.... é mais do mesmo!!!!!!

APARELHO DE SOM... 
um instrumento musical, por extensão, pode ser considerado um aparelho de som... assim como um MP3, MP4, celulares
mas os MP3s, MP4s e celulares circulam pelo parque e tocam sem serem incomodados
violões estão impedidos
se descobrirem que A VOZ é um poderoso INSTRUMENTO MUSICAL E DE TRANSFORMAÇÃO.... estarão no próximo impedimento?

P.S.: adorei participar do belo movimento no sábado pela manhã... parabéns à todos nós!!!! não conhecia alguns dos trabalhos artísticos e, adorei!!!

beijo
Andréa M.

*****************


Completando com outro ocorrido:
Ano pasado, dia dos pais, uma escola que trabalho resolveu ir ao Parque fazer um piquenique juntando a garotada e os pais. Como não havia AUTORIZAÇÃO.  TIvemos que ficar na porta avisando para as famílias que o evento havia mudado de local e fizemos na escola mesmo.
Até ai, alguns podem dizer:  AHHHH, mas éra muita gente. (o que seria ridículo esta fala). Então vá vendo:
NO mesmo dia e local, estava um grupo de escolares de escola de voleibol PÚBLICA.  para realizar atividades físicas.  Adivinhemmmmm . . .  Foram expulsos também por que era um grupo, e olha que não tinha mais que 12 alunos com seus 2 técnicos.
Fecha tudo então, porraaaaa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário