sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Mensagem de Felicitações 2011!


Meus queridos amigos e amigas, é com imensa satisfação que os saúdo.
A todos, manifesto meus mais sinceros votos de Feliz Ano Novo! Feliz 2011!

Chegamos ao final de 2010, ano de evolução e crescimento para nossa agência. Ao longo desse ano que passou realizamos diversos eventos, nas mais diversas áreas da cultura. Temos orgulho de mencionar a realização de nosso primeiro curso livre de teatro, ministrado pelos grandes mestres Moisés Miastkwosky e Massayuki Yamamoto realizado na academia CBS, onde tivemos 28 alunos inscritos. Já garantimos a continuidade da parceria com a CBS e com os profissionais em artes cênicas, que darão o suporte técnico para a formação do elenco da Cia Cultural Engenho das Artes. Além disso em janeiro iniciaremos as atividades do NúCA - Núcleo Cênico de Aprimoramento, para mantermos a chama do "fazer teatral" sempre acesa em nossos alunos! 

Inauguramos o Varal d'O Pedal, espaço para exposições, no qual realizamos ainda Vernissages para abertura de cada nova exposição. Nossas noites musicais n'O Pedal Pizza Metro continuarão as quartas-feiras em 2011, que depois do sucesso com o Quarta Jazz, possibilitou-nos o lançamento de um novo projeto ao qual damos o nome de Chorro de Quarta. Durante a Temporada 2011 faremos uma alternância nas apresentações, sempre valorizando os músicos do cenário local! Além disso, ressaltamos nossa noite musical cantada, que acontece sempre na última terça de cada mês. 

Em nosso outro palco, a já tradicional "Noite a Luz de Velas" oferecida pelo Café da Madre, a partir de 2011, passa a ser realizada duas vezes por mês, as quais apresentarão ritmos variados como MPB, instrumental clássica, jazz e chorinho, a cada quinze dias.

A maior novidade para a Temporada 2011, é que o mais novo bar da cidade, o Quintal da Ema, nos convidou para cuidarmos da programação cultural que a casa passará a oferecer aos clientes em 2011. Já definimos os segmentos artísticos que darão um toque diferenciado ao bar. Aguardem!!!

A intensa atuação de nossa agência reforçou ainda mais o nosso ideal de que a arte e a cultura estão diretamente ligados ao desenvolvimento de cidadania, do relacionamento interpessoal, da melhoria na qualidade de vida e da responsabilidade social. É com grande orgulho que pudemos expor essa concepção através de um artigo, que escrevemos a convite, e foi publicado nesse mês na revista do CIESP local, o qual compartilhamos com vocês.

Gostaria também de compartilhar com vocês, que já está certa a vinda de Vinicius Piedade para nossa região, para a encenação da peça "Cárcere", que teve sua estréia no Centro Cultural São Paulo e saiu em turnê pela Europa, passando por Suíça, Alemanha, Espanha e Portugal, e passou ainda por grandes capitais brasileiras, dentre as quais, São Paulo, Belém, Manaus e Porto Velho.Estamos em fase de captação de apoio para a realização desse evento, que acontecerá em meados de fevereiro de 2011, nas cidades de Jacareí, São José dos Campos, Taubaté e Lorena.Saiba mais sobre essa peça e o ator em:  http://migre.me/2gSIt


E se você possui conta no twitter siga-nos para concorrer às nossas promoções: @producaoemcena e @opedalsjc.


Gostaríamos de agradecer ao nosso público por acreditarem em nosso trabalho, atuando como as tochas que iluminam nossa caminhada. Muito obrigado! Não podemos também deixar de mencionar a importância de nosso apoiadores, os quais possibilitam a difusão cultural realizada por nossa agência. Prestigiem sempre:  Ornato PresentesO Pedal Pizza MetroCafé da MadreJetter Design e Rique Froes Fotografia!


Recentemente o povo brasileiro elegeu uma mulher como sua 1ª Presidente da República. Um fato histórico. As expectativas são grandes e os desafios da Sra. Dilma Rousseff serão maiores ainda! Quero deixar registrado meu mais sincero desejo de boa sorte, sucesso e felicidade.

Aproveito para parabenizar a todos pelo brilhante inicio do Ano dos Valores Humanos e do Dinâmico Avanço! Vamos iniciar vigorosamente esta segunda década do século 21.

Qual é a essência do verdadeiro espírito poético?
 - Não é nenhuma outra que o amor e a preocupação com o bem-estar da humanidade. São a abnegação e o altruismo que não buscam a fama nem a fortuna. É a disposição de lutar tenazmente pela justiça - denunciando o mal, proclamando a verdade e defendendo a causa das pessoas. As pessoas que carecem dessa sensibilidade poética, dessa profunda empatia por todos que estão ao seu redor, não compreendem os sentimentos dos outros. E as pessoas que menosprezam esse espírito acabarão perdendo a própria humanidade e o senso de companheirismo.
O grande filósofo Immanuel Kant (1724-1804) viveu praticamente toda sua vida sem sair da pequena cidade de Könegsberg, na Prússia Oriental. No entanto, a partir desse diminuto microcosmo de sua amada terra natal, projetou sua odisséia intelectual, estendendo amplamente as asas de seu pensamento e alçoou vôo ao macrocosmo do mundo e do infinito universo, dando surgimento a um sistema de pensamento filosófico único. Tsunessaburo Makiguti (1871-1944), presidente fundador da Soka Gakkai, foi um firme proponente desse enfoque global embasado na comunidade local e dizia; "O lugar onde nos encontramos neste exato momento é o palco de nossas atividades como cidadãos do mundo." 


As ações da agência PRODUÇÃO EM CENA, estão em perfeita sintonia com esse pensamento. 

Faço parte de uma organização humanista que, age em prol da Paz, Cultura e Educação, a SGI (Soka Gakkai Internacional), que é baseada na filosofia do budismo de Nitiren Daishonin e, tem como presidente o Dr. Daisaku Ikeda, um poeta laureado.

Nas mensagens que escrevo, quero incentivar as pessoas a encontrarem a felicidade em seus próprios corações e, não nos desejos mundanos. Nós da SGI sempre promovemos nosso movimento cultivando a amizade e a confiança de pessoa para pessoa. E foi assim que nos tornamos uma organização global. É importante forjarmos os jovens.

O presidente Ikeda, declarou; “Ampliar nosso círculo de amigos é a verdadeira essência do Kossen-Rufu. Vamos nos empenhar para aumentar o número de amigos com quem podemos conversar aberta e francamente, amigos em quem podemos confiar de todo coração. Empreguei exatamente esse tipo de ‘diplomacia pessoal’ para propagar o Kossen-rufu, fazendo aliados entre aquelas pessoas que não compreendiam nossos objetivos ou que sentiam preconceito com relação ao nosso movimento”.

A posição social e a riqueza não são medidas pelo verdadeiro valor da pessoa; tampouco devemos julgar as pessoas por esses critérios. Por exemplo, o fato de ser uma personalidade do governo torna a pessoa especial? De forma alguma. Os líderes do governo são seres humanos assim como eu e você e, especialmente na democracia, o povo é o soberano. As personalidades do governo existem para servir ao povo. São as ações da pessoa que importam. Em seu último ano de vida, Tolstói fez a seguinte observação: "Quanto mais desafiadoras forem nossas circunstâncias, mais material elas nos proporcionam para nosso desenvolvimento espiritual". As pessoas que passam todo o tempo em buscas inúteis não são nobres nem grandiosas, não importando o quanto seja nobre o título ou posição que elas detenham.

As pessoas comuns que vivem de forma descente e honesta são as verdadeiras defensoras do mundo. O poeta alemão Heinrich Heine (1797-1856) escreveu: "A pessoa é nobre / se se sente e age como nobre". O poeta indiano Rabindrath Tagore (1861-1941) escreveu: "Saiba que (...) a presunção não dura para sempre". A forma de acabar com a presunção ou a arrogância é falar - falar com palavras verdadeiras.

Embora existam inúmeras diferenças entre os homens, ainda assim, são seres humanos. Todos se deparam com as mesmas questões fundamentais da existência – Nascimento, Envelhecimento, Doença e Morte. Não é exagero dizer que o diálogo entre civilizações é essencialmente um diálogo entre seres humanos, uma vida tocando outra, um coração se comunicando com outro.

O grande humanista holandês Erasmo (1469-1536) declarou em nome da paz: "A denominação comum 'ser humano' é suficiente. Nada mais é necessário acrescentar para os homens conviverem em harmonia".

Nitiren Daishonin declara: "Um grande mal prenuncia a chegada de um grande bem". E também afirmou: "O importante é o coração".

O Budismo é uma filosofia de vida para transformação da nossa realidade. Por isso, a prática budista não é separada das dificuldades e acontecimentos do dia-a-dia. Podemos dizer que é, essência real da vida diária.

Gostaria de finalizar essa reflexão com um trecho de um discurso do presidente Ikeda: "A felicidade, como também a plena satisfação, encontram-se dentro do desafio para o nosso desenvolvimento e dentro das ações para o próprio fortalecimento, os quais se obtêm por meio do devotado empenho para o bem das pessoas, para o bem dos amigos e para o bem da sociedade".
"O budismo é bom senso, é conduzir as outras pessoas à felicidade e transformar a sociedade em que vivemos por meio da própria revolução humana". Eis a grandiosidade do Budismo Nitiren Daishonin.
Seguindo as diretrizes da SGI e as recomendações do presidente Ikeda, meu mestre da vida, encerro esta mensagem com meus mais sinceros votos de boa saúde, vitalidade, infinita boa sorte e benefícios neste ano que se inicia, como também votos de paz, segurança e prosperidade a cada um dos senhores e aos seus familiares em suas respectivas comunidades.

Mais uma vez, desejo a todos, um ano de muitas vitórias! Agradeço sinceramente sua atenção e paciência. Pratiquem o altruísmo e, por favor, cuidem da saúde!

Júlio Saggin,
PRODUÇÃO EM CENA

Gostaria que se possivel, todos comentassem. Obrigado!


3 comentários:

  1. Quero reproduzir um trecho:

    Qual é a essência do verdadeiro espírito poético?

    Não é nenhuma outra que o amor e a preocupação com o bem-estar da humanidade. São a abnegação e o altruismo que não buscam a fama nem a fortuna. É a disposição de lutar tenazmente pela justiça - denunciando o mal, proclamando a verdade e defendendo a causa das pessoas. As pessoas que carecem dessa sensibilidade poética, dessa profunda empatia por todos que estão ao seu redor, não compreendem os sentimentos dos outros. E as pessoas que menosprezam esse espírito acabarão perdendo a própria humanidade e o senso de companheirismo.

    ******

    Me encontrei totalmente nesse trecho... sabe por que? Acredito que as pessoas têm medo de se revelar humanas. Se não houvesse a arte pra travestir a realidade de ficção, nos sentiríamos perdidos. Sozinhos. Incompreendidos.

    Quando escrevo e canto, existe uma única motivação: Expressar o que muita gente gostaria de expressar, e não tem coragem, ou não sabe como externalizar. Não tem preço quando uma pessoa se encontra em uma palavra ou uma nota musical emitida por você.

    Eu nunca havia encarado isso como altruísmo. Mas apenas solidariedade.

    Mas agora vejo que é altruísmo sim... porque o artista só produz em crise. Quando está inquieto. Por vezes, sofrendo. Às vezes tenho impressão que a nossa função nesse mundo é "sofrer" mesmo. A gente sofre pra produzir, e a recompensa vem na forma da satisfação altruísta.

    Aquela satisfação de descobrir que vale a pena viver na humanidade de uma mesa de bar, da filosofia barata e da vontade de prosseguir.

    Júlio, você é artista... pleno, completo e humano. Então, don't stop: o mundo precisa de você!

    Recomendo a leitura: http://migre.me/3kZNw

    ResponderExcluir
  2. Em tempo... feliz ano novo, com mais desses encontros inexplicáveis da vida, que aproximam artistas e almas parecidas. Adoro vc! bjs

    ResponderExcluir
  3. Quase um ano depois ...

    obrigado por passar em minha vida. obrigado pelas palavras encantadoras.

    boas festas!

    bjbj

    ResponderExcluir