domingo, 27 de setembro de 2009

Relato - 26/09/09

Saí de casa na sexta-feira, para assitir à peça de Teatro ELDORADO, que foi apresentada no SESC, por Eduardo Okamoto. Comprei o meu ingresso com desconto, por ser sócio usuário, paguei meia entrada (R$ 6,00). Eram 20h e o espetáculo só começaria às 21h.
Fui até a padaria "Pão de Queijo", àquela que está em reforma na 'Adhemar'. Pedi um X-BACON e uma cerveja (Brahma né?). Na TV ainda passava a novela das 7. Lavei as mãos e voltei pro balcão, quando o Chico (o Balconista), disse que não tinha BACON. Aí eu indaguei: "Putzz ... Que que eu vô comê agora?" Corri os olhos nas opções que me restavam. Todas menos BACON. Caramba! O que pedir? Optei pelo X-CALABREZA.
Na TV, começava o Jornal Nacional. Eram 20h15. Não dei importância para as manchetes. Só me chamou a atenção quando ouvi do bandido da granada, que tinha como refém uma dona de farmácia, que havia roubado um carro dos Correios, que havia parado no orelhão elevado um tiro na barriga ... De repente, a refém abaixou e o cara, o bandido, foi acertado por um atirador de elite da policia carioca. Morreu!
Não se assutem mas, vibrei com aquela cena. E sabem porquê? Por que de tanto vermos na TV, que bandidos matam pessoas com tanta facilidade e sem dó, ficamos anestesiados com seguidas tragédias. Nem vou mencionar os políticos.
Com aquela cena, que só víamos em filmes americanos, acontecendo de verdade, os bandidos ficarão semre com a desconfiança de que pode acontecer com eles também.
Penso que os governos devem investir cada vez mais em: Educação; Cultura; Esportes; Saúde mas, devem continuar com essas ações e, mostra-las em Rede Nacional, para inibir os criminosos.
Temos que instituir novamente a frase: "O CRIME NÃO CONPENSA."

Voltando ao SESC, encontrei com algumas pessas conhecidas entre elas a atriz Andréia Barros e o ator Wallace Puosso. Entramos na sala de espetáculos e sentamos bem próximos. Era a segunda peça do Eduardo Okamoto, que estava assitindo. O cara é muito bom! A peça foi excelente. Peço a quem nunca foi assitir uma peça de teatro no SESC, que vá um dia. Vale a pena!
Após o teatro, fui pro ponto de onibus e voltei pra casa.

Em 27/09/09,
julio saggin

Nenhum comentário:

Postar um comentário