domingo, 27 de junho de 2010

Impressões

O Brasil está perdendo seus grandes homens, seja em qual segmento for, e não aparenta criar outros tantos aliás, demonstra a fraqueza do bom cidadão, sempre vencido pelos coletivos de maus indivíduos.

Desde as mortes de Mario Covas, Ulisses Guimarães, e Leonel Brizola, a política vive um qualquer coisa, menos a ética. Vivemos repetidamente um autoritarismo velado de quem está no poder, seja ele de esquerda ou de direita.

Cria-se a cada pleito eleitoral, um serviço assistencialista. Talvez por isso, perdeu-se a capacidade de acreditar no sonho VERDADEIRO de vencer pelo TRABALHO, pela ideologia.

A criminalidade cresce em todas as regiões do país, pela irresponsabilidade ou  incapacidade dos governantes, municipal, estadual e federal, de gerir a EDUCAÇÃO e os DIREITOS CONSTITUCIONAIS.

Aos artistas, em sua grande maioria, restam uma palavra: RESILIÊNCIA. O artista está cansado do NÃO ESPAÇO apropriado para exibir sua arte, tão necessária à alma humana.

É preciso que voltemos a acreditar nos sonhos!

--

O texto abaixo retirei do Blog de Alberto Guzik (1944-25/06/2010) um artista na acepção da palavra.

recado 
não posso me afastar deste espaço sem deixar uma palavra para todos os diretores, arte-educadores, colaboradores e artistas aprendizes da sp escola de teatro - centro de formação das artes do palco. estamos no limiar da transformação do sonho em realidade. e se a realidade for áspera, como muitas vezes é, não se esqueçam jamais, de que as raizes dela estão no sonho. no sonho de construir a melhor escola de teatro que este país ja teve. uma escola tão boa, tão ampla, tão aventureira, que possa nos ajudar a mudar também este país, que anda tão precisado de sonhos. meus queridos. não estou fisicamente com vocês aí, agora, mas estou por inteiro aí, também. tenham a certeza disso. e nunca, nunca esqueçam que este projeto nasceu de um sonho, e de que é pelo sonho que tem de ser alimentado. viva a sp escola de teatro. lembrem-se de que somos todos servidores de dionisos. evoé!

Para saber mais sobre Alberto Guzik - Vida e Obra, clique aki.

Nenhum comentário:

Postar um comentário