sábado, 27 de março de 2010

Homenagem ao mês das Mulheres


Homenagem PRODUÇÃO EM CENA às Mulheres

Mulher, mulheres, daqui, dalí, do mundo.
Fortes, corajosas, apaixonadas, esperançosas.
Algumas inocentes, frágeis como o vidro.
Outras duras e calejadas pela vida.
Mas todas com a essência pura do toque suave (...)
Que fez a mulher toda carinho, toda esperteza.
Toda beleza, toda coração.
Toda emoção, toda razão.
Toda à flor da pele.
Toda entregue.
Toda reservada.
Brasileira, européia, asiática, americana... todas mulheres.
Que choram, que riem, que sonham e vão à luta.
Tem as que são do dia, tem as que são da noite. As caseiras, as da rua.
As boêmias, as sonhadoras, as românticas, as racionais, as práticas, as confusas..
preguiçosas, trabalhadoras, neuróticas, ansiosas, maternais, amigas, amantes...
E todas elas, tem o direito e o dever de serem felizes. E serem muito homenageadas.
Parabéns à todas nós, construtoras e batalhadoras desse mundo que,
é meio maluco, mas que nos acolhe e abençoa a cada instante.


Um comentário:

  1. Certezas assustadoras, contundentes além do suportável. Magnitude: palavra perfeita visto tamanha grandeza de sentimentos. Corroboro com evidente verdade. Em determinado momento da história a vida nos impõe o seu basta esgotando toda e qualquer possibilidade de lutar contra. Perdermos as forças e involuntariamente abrimos a guarda. Assim, um dilema foi estabelecido. Lutar contra: dor infinitamente maior do que lutar a favor. Quando a luta é a favor não há dor, esta é a verdade. Te vi no blog da Rossana (Batom e poesias) e quis dar uma espiadinha. Com extremo carinho e respeito deste Outono.
    http://www.simplesmenteoutono.blogger.com.br

    ResponderExcluir